Busca avançada



Criar

Vídeo

Era tempo de penúria, mas ninguém morria de fome

Sinopse

Parte 5: Arnaldo reflete sobre como, em sua infância, ninguém em Alagados passava fome, com a sustentabilidade advindas da pesca e do próprio lixo proveniente da cidade alta.

Outras informações

Ano: 2015
Creditos: Entrevista e captação do áudio: Suzana Filizola / Edição: Aline Lewinski



Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional