Busca avançada





Maureen Bisilliat

Fotógrafa

16/02/1931

Englefieldgreen / Londres Inglaterra

Informações Pessoais

Nascida em Londres, filha de argentino diplomata e mãe inglesa, viveu em Londres até os 7 anos. Como seu pai era diplomata viveram em muitos países até o início de 1939, quando ele foi enviado para Washington D.C. De lá foi para Suíça, onde estudou em dois colégios internos. Estudou pintura em Paris e Nova York antes de vir definitivamente para o Brasil. Passou da pintura para a fotografia, trabalhando na Editora Abril nas décadas de 60 e 70. Fotografou o Brasil sob a ótica de obras da literatura, entre autores consagrados como: Guimarães Rosa, Euclides da Cunha e João Cabral de Melo Neto. A partir da década de 80 dedica-se ao trabalho em vídeo, e o que ganha mais destaque é o longa-metragem rodado com Lúcio Kodato na aldeia Mehinaku, no Alto Xingu: "Xingu Terra". Em 1988 é convidada a levantar um acervo de arte popular latino-americano para a Fundação Memorial da América Latina e o acervo compõe a coleção do Pavilhão da Criatividade, onde atuou como curadora. O contato com o presídio do Carandiru se deu por meio de um grupo de profissionais, dentre eles sua filha Sophia Bisilliat, membros da população carcerária e uma professora titular do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho da USP com projeto do Teatro no Presídio. A experiência se deu como documentarista do projeto que durou 5 anos.


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+