Busca avançada



Criar

Imagem

Retrato de Rysia Levinson, uma criança judia salva por Adam Drozdowicz

Sinopse

Retrato de Rysia Levinson (nome falso: Maria Malonowska), uma criança judia salva por Adam Drozdowicz durante a guerra. A foto ou foi tirada no convento em que esteve escondida durante a guerra (1943) ou a foto foi tirada ao final da guerra (1945) quando residia com sua avó materna (ex-sogra de Adam Drozdowicz). A menina é filha do irmão de criação de Raja Minc, primeira espos ade Adam. Ela foi criada por sua avó materna, mãe de Raja Minc (que tinha adoração por ela). Rysia é filha de Ignacy Levinson e Balbina Kramarz, que desapareceram durante a Segunda Guerra Mundial. Hoje, Maria Malinowska é cidadã israelense, mora na Bélgica com marido polonês não judeu. Ignats foi criado junto com Raja Minc e o irmão. O casal foge para a Rússia com a filha e depois, quando os alemães ocupam esta área em que eles estavam, eles retornam a Varsóvia. Moraram com Raja e Adam até o final do Gueto de Varsóvia. Quando Adam fugiu do Gueto, ele mandou o endereço para eles. Depois recebe carta "enigmática" para aparecer em um certo lugar. Foi lá e recebeu carta que localizava a criança. Ela estava num colégio onde as diretoras tomavam conta dela e também lhe forneceram documentação falsa. Estas professoras e diretoras da escola se chamavam: Maria Iruska e Stefania Iruska.

Tags

Outras informações

Local: Varsóvia, Polônia
Ano:1943
Creditos: Acervo pessoal



Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+