Busca avançada



Criar

História

Uma viagem de moto até o Uruguai

História de: Romualdo
Autor: Romualdo
Publicado em: 20/07/2016

Sinopse

Narrativa sobre uma viagem para um país vizinho, onde percorremos aprox 4.500 km de motocicletas, em que a educação por onde passamos nos marcou, onde a amizade e espirito de corpo também nos marcou e quando descobri que as dificuldades somos nós que criamos.

Tags

História completa

Olá, me chamo Romualdo e resido em Indaiatuba, cidade próxima de Campinas SP. Irei lhes narrar uma viagem, uma viagem que marcou minha vida, tudo se passa no ano de 2014, eu e mais quatro amigos (Cláudio, Alex, Perim e Lima) estávamos trabalhando na cidade de Rio de Janeiro, foi um trabalho relativamente longo, por volta de dois meses praticamente longe de casa, e sinceramente estressados, simplesmente estressados e querendo descansar após acabar esse trabalho, ficamos matutando roteiros, excluímos inicialmente RJ da lista, nada contra, mas não queríamos voltar ali tão cedo. Pensamos por dias, até que em uma das reuniões que fazíamos nos becos entre os alojamentos que ficávamos o Cláudio disse que ia sugerir um lugar, mas que deixaria quieto porque seria loucura, então insistimos até ele dizer. O destino? Punta Del Leste, Uruguai. A maneira de chegar lá? Motos. De quantas cilindradas estamos falando? De 150cc à 250cc. Tempo de viagem? Sem pressa. Quantos Km? Mais de 4.500 km Se tudo ia dar certo? Claro que não. Se planejamos detalhadamente tudo? Claro que não também. Se pelo menos alguém sabia falar espanhol? Nunca nem havíamos baixado um aplicativo de idiomas no celular. Queríamos nos sentir livres, sem pressa, sem hora de chegar, sem hora de partir, somente a gente, nossas motos e a estrada! Voltamos do trabalho e desenrolamos tudo que faltava, trocar moeda, fazer a Carta Verde, fazer checagem nas três motos (Foram dois de garupas), foi uma correria pra depois não ter pressa. Decidimos partir de madrugada, horário previsto, 01h da manhã saindo de Itu SP. No caminho pra Itu, que dá por volta de 28km, minha moto apresentou um problema, o esticador de corrente quebrou, o que fizemos? Desistimos? Negativo, arrumamos com fita isolante e com o auxílio de uma colher de sopa  Partimos um pouco atrasados e fomos parar pra dormir somente em Criciúma SC, estávamos tão animados que esse primeiro dia passou voando, não diferente dos outros. Continuamos a viagem, passando por várias cidades, entre elas, Curitiba PR, São José dos Pinhais PR, Joinville SC, Gravataí SC, Balneário Camboriú SC, Florianópolis SC, Tubarão SC, Criciúma SC, Novo Hamburgo RS, Porto Alegre RS, Pelotas RS e Pedro Osório RS, até parar a última noite no Brasil em Jaguarão RS já na fronteira com o Uruguai. Dia seguinte atravessamos a fronteira, e já em território Uruguaio passamos por Treinta Y Tres, José Pedro Varela, Mariscala (Que tem uma cozinha ótima), Aiguá, Minas, San Carlos e Maldonado, até chegar ao tão cobiçado destino, Punta Del Leste, lugar muito lindo! Ressalto que o melhor não foi o destino, e sim o caminho, conhecemos muitas pessoas legais, que nos ajudaram desde com informações até com um simples apoio moral e um sentimento de admiração gigantesco no olhar e nas palavras. Um exemplo foi uma senhorinha dona de um restaurante que paramos ao acaso em Gravataí, nos foi muito prestativa e atenciosa, fizemos questão de comprar uma lembrancinha no Uruguai e entregar para ela na volta, ela ficou extremamente contente em nos ver, disse que estava orando pela gente e se emocionou quando lhe estregamos o presente. Além que discutimos muito no caminho entre nós mesmos, problemas apareceram aos montes, mas todos foram solucionados, a amizade era muito maior. Fizemos o caminho de volta redescobrindo tudo, pareceu que o tempo voou e lá se foram dez dias numa viagem inesquecível em que fizemos até amigos no caminho, aproveito o ensejo pra ressaltar que em todos lugares que passamos fomos muito bem recebidos, parabéns pela hospitalidade de vocês!!! Quero aproveitar a oportunidade pra dizer que essa viagem se tornou ainda mais marcante pra mim por causa das amizades, pois em toda situação existe um líder, o coração, e nessa viagem foi o Claudio, aproveito pra homenageá-lo, sempre foi um grande amigo e uma grande personalidade que infelizmente faleceu nesse ano de 2016. Você nunca será esquecido AMIGO!!!

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+