Busca avançada



Criar

História

Uma pessoa feliz!!

História de: Elizangela Souza Cherazzi Cardoso
Autor: Viviane Patricia Portezan Descrove
Publicado em: 07/11/2017

Sinopse

Projeto Memória Local na Escola 3ᵒ ano C – Prof. Viviane P. Portezan Descrove Entrevistada: Elizangela Souza Cherazzi Cardoso Minibiografia do entrevistado: Elizangela Souza Cherazzi Cardoso, 39 anos, nasceu em Piraju – SP, atualmente mora em Santa Cruz do Rio Pardo, é casada e tem dois filhos. Trabalha como balconista na cantina da escola, realiza seu trabalho com amor e dedicação, gosta muito de crianças. Possui muita fé em Deus e considera se uma pessoa realizada e feliz. Tristeza pra ela é ver alguém passando fome, pois quando pequena vivenciou isso e sabe como é na realidade. Nos tempos livres adora viajar e curtir sua família.

Tags

História completa

Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria Municipal de Educação EMEF “Prof. Sebastião Jacyntho da Silva” Projeto Memória Local na Escola 3º ano C – Professora Viviane Patrícia Portezan Descrove Depoente: Elizangela S. Cherazzi Cardoso PROJETO MEMÓRIA LOCAL NA ESCOLA Texto Coletivo através da entrevista realizada no dia 23/08/2017 com os alunos do 3ᵒ ano C, professora Viviane. A entrevistada trabalha na cantina da nossa escola, se chama Elizangela S. Cherazzi Cardoso e tem 39 anos de idade. A primeira educação que recebeu de seus pais foi o respeito com os mais velhos, e quando pequena gostava muito de ouvir as histórias de assombrações que seu pai lhe contava. Elizangela lembra que teve uma infância pobre, por isso quando encontra alguém passando fome sente muita tristeza. Relatou que sua adolescência foi muito divertida, namorou um ano e depois logo se casou, atualmente tem dois filhos, um menino e uma menina. Seu primeiro trabalho foi com 8 anos de idade, trabalhava como babá e há 8 anos trabalha na cantina da nossa escola. Adora seu trabalho, pois gosta muito de crianças. Sua maior conquista na vida foi conseguir tirar a carteira de habilitação, embora ainda não dirija em todos os lugares sozinha. Considera-se uma pessoa feliz, e disse para todos no final da entrevista que devemos sempre confiar muito em Deus, respeitar os professores e as pessoas mais velhas.
Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+