Busca avançada



Criar

História

Uma criança que não era bem-vinda

História de: Genivaldo Cavalcanti Filho
Autor: Genivaldo Cavalcanti Filho
Publicado em: 11/08/2020

Sinopse

Diário de Genivaldo Alves Cavalcanti Filho, 23 de julho de 2020. Jornada, dia 1.

Tags

História completa

Meu nome é Genivaldo Alves Cavalcanti Filho, hoje é 23 de julho de 2020 e esse é o primeiro dia da minha jornada.
Eu tinha cinco anos e estava em uma festa de fim de ano na casa de uma tia por parte de pai. Era hábito deles reunir todos em um mesmo lugar no fim de ano, até mesmo parentes vindo de outros estados.
A minha tia era casada com um homem que não gostava de mim. Todos me achavam muito inteligente e isso o irritava. Ele me desafiou, tirando uma nota de dólar do bolso e duvidando que eu soubesse o que era aquilo. Eu respondi de pronto que era uma nota de dólar (até hoje não sei de onde eu tirei essa informação).
Mais tarde, resolveram tirar aquelas fotos em que todas as pessoas estão reunidas. Era muito comum na época. Eu vi a minha mãe posando pra foto e corri pra ficar com ela. Ele me reprovou, dizendo que aquela era a foto das mulheres e questionando se eu era uma, por acaso. Eu saí da cena, chorando e me recusei a participar da foto dos homens.

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+