Busca avançada



Criar

História

Um inesquecível líder da emancipação

História de: IRANI FÉLIX
Autor: Regina Borges
Publicado em: 01/10/2021

Sinopse

Irani Féliz foi um dos primeiros moradores da vila Cidade Livre e por anos lutaria pela sua emancipação, tornando-se líder do movimento que culminaria naquela conquista em 28.09.1995.

Tags

História completa

Em 17.03.2005 através do Projeto de Lei nº 04 a Câmara Municipal de Jatobá homenageou Irani Félix da Silva condecorando com o seu nome esta casa legislativa. Nada mais justo a este homem que dedicou boa parte de sua vida às questões sociais e à luta pela emancipação política de Jatobá. Nascido na cidade de Desterro-PB, em 01/08/1942 chegou a essas terras em 1980 como milhares de outros trabalhadores em busca de melhores condições de vida. No ramo de comércio montou uma madeireira, mas diante às dificuldades enfrentadas pela maioria da população daquela pequena vila que se formava logo enveredou-se pelo caminho da política. De fala potente e carismática, reuniu-se a outros homens e mulheres que também sonhavam por um lugar melhor para se viver e assim fez crescer a semente do desejo pela liberdade. Entretanto, inicialmente a luta era elevar a então Cidade Livre à categoria de Distrito, e muitas forças se uniram em torno desse objetivo que veio a se realizar somente em 1990. Além da luta política, também nesse período se engajou no combate à fome, buscando através dos políticos e empresas condições de trabalho, de alimentos, de remédios à população mais necessitada. De gestos e gostos muito simples convivia cotidianamente com o povo, sentia os seus flagelos e a sua indignação aumentava a sua coragem pela mudança. Depois do PMDB filiou-se ao Partido dos Trabalhadores - PT pelo qual se candidatou a vereador às eleições municipais nos anos de 1988 e 1992, mas embora sempre tivesse um número expressivo de votos as regras do sistema eleitoral vigente à época não lhe era favorável, portanto, não sendo eleito. Com amigos e correligionários fundou a Associação dos Moradores de Jatobá, sendo o seu primeiro presidente, e mais ações pela emancipação política continuaram ocorrendo com destaque à Comissão Pró-Emancipação, que por fim celebraram no dia 03 de setembro de 1995 o “sim” do plebiscito e no dia 28 a tão esperada emancipação! Em 1996, já pelo município de Jatobá e filiado ao Partido Geral dos Trabalhadores - PGT participou do primeiro processo eleitoral como candidato a prefeito juntamente com a candidata a vice Maria do Socorro Silva Dantas, também não obtendo sucesso. Para tanto, se das urnas não veio o resultado esperado, seu nome não é esquecido. Há um reconhecimento coletivo de que foi um homem bom, muito íntegro, sempre voltado à causa social, e ainda sempre rememorada a sua incansável luta para transformar uma vila em cidade como assim a viu. Teve uma vida de acolhimento pelos amigos, de portas sempre abertas para um café e um bom papo. Partiu cedo, aos 63 anos de idade, e está enterrado no cemitério local - Jatobá, terra que escolheu morar para sempre. Regina Borges 12/09/2021

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+