Busca avançada



Criar

História

Todo lugar tem uma história para contar

História de: Luiz (tio do doce)
Autor: Simone Idy Paredes
Publicado em: 06/11/2018

Sinopse

Os alunos da EMEF Profª Cecília Moraes de Vasconcelos entrevistaram no dia 22 de setembro de 2018 o Sr.Luiz Antonio da Silva, nascido em 10/12/1962 na cidade de São Joaquim em Pernambuco Apelido: Tio do doce. Os alunos por terem contato todos os dias com o sr. Luiz sentiram o desejo de conhecer um pouco mais sobre a  sua vida, no dia da entrevista eles foram buscar o depoente na porta e encaminharam para a sala, preparam a sala para recepcioná-lo e no final da entrevista oferecem um lanche e se divertiram com o Sr. Luiz e suas histórias de vida, garra, luta e amor pelo que faz.

Tags

História completa

DEPOENTE: LUIZ ANTONIO DA SILVA Nascido em 10/12/1962 - Casado, pai de duas filhas formadas, avô, o pernambucano Luiz Antônio, hoje vende doces na porta da EMEF Profª Cecília Moraes de Vasconcelos. Nascido em São Joaquim do Monte, no estado do Pernambuco, Luiz Antônio passou de sua infância até o começo de sua vida adulta vivendo no campo junto com seus pais e seus oito irmãos, se dividia entre seus afazeres domésticos e o trabalho braçal na agricultura de sua família. Como irmão mais velho sempre teve muitas responsabilidades, o que o fez deixar o colégio no segundo ano – a antiga terceira série-. Devido a isso, não conseguiu terminar o seu processo de alfabetização, deixando a escola sabendo apenas escrever o seu próprio nome, mas sabendo reconhecer os números e fazendo contas de cabeça, o que o ajudou muito no trabalho como vendedor de doces. De vida muito humilde e rodeado por sua família, aos 24 anos, junto de sua esposa, resolveu deixar a pacata cidade do interior de Pernambuco para se arriscar na cidade de Guarulhos, localizada na Grande São Paulo, cidade que abriga o maior aeroporto da América Latina, em busca de uma vida melhor. Como o seu Luiz nos disse, quase ficou rico com a revenda de frutas que trazia da região nordeste para o centro comercial do Brasil, porém não sabendo administrar seus bens e a sua promissora empresa, perdeu tudo e se viu perdido em meio a um novo mundo em que agora estava vivendo. Em sua casa no bairro de Bonsucesso, o pernambucano precisava amarrar sua geladeira e o fogão para que as águas provenientes das fortes chuvas não os levassem, sua casa alagava completamente. Mais momentos difíceis na vida desse casal, mas que em nenhum momento pensaram em desistir de tudo e regressar para sua cidade natal. Diante das dificuldades e das lutas, o casal se mudou para o bairro do Jardim Elisa Maria, já na capital São Paulo, onde criaram as duas filhas, Elaine e Luciana, ambas formadas no ensino superior, uma em pedagogia e a outra em administração respectivamente. O vovô nos conta também, que mora junto com a sua netinha, que o chama de pai. Seguindo o exemplo dos seus pais que hoje vivem em Sergipe, as criaram com muito carinho e amor, e investiram o pouco que tinham para que as filhas não deixassem de seguir estudando. No bairro do Jardim Elisa Maria seu Luiz conseguiu alugar um pequeno espaço em frente à escola para começar a vender doces, porém devido a problemas, não pode mais continuar em sua loja, e começou a vender doces no seu carro, o que segue fazendo até hoje. Segundo ele, vende mais de 100 doces por dia! Está aposentado há alguns meses. Por ser analfabeto, o pernambucano nos contou que até hoje não conseguiu realizar um dos seus maiores sonhos, o sonho de ter sua carteira de habilitação e posteriormente poder comprar um carro em seu nome. Dirige seu carro – a sua lojinha ambulante – apenas dentro do bairro. Hoje seu maior sonho é aprender a ler e escrever, para que depois disso ele consiga realizar os seus sonhos, entre eles comprar um carro mais novo e viajar. Um dos momentos marcantes dessa entrevista com o Sr. Luiz Antônio foi quando ele falava da sua infância ao lado dos seus pais e de seus irmãos, sendo ele o mais velho tinha que ajudar a cuidar dos demais, ele relata que tinha que trabalhar na roça para ajudar seus pais, mas que tinha momentos das brincadeiras com horários estipulados, porque precisava ir para a escola também, onde pode estudar somente até a 3ª série (atual 2 ano), mas o que realmente o deixava emocionado era falar sobre seus pais, de como foi criado com amor e carinho, em vários momentos da entrevista deixou bem claro esse amor dos pais e de como sente saudades deles hoje, já que faz alguns anos que não os veem. DEPOENTE: LUIZ ANTONIO DA SILVA Nascido em 10/12/1962 na cidade de São Joaquim em Pernambuco Apelido: Tio do doce Critério: Por terem contato com ele diariamente, sentiram curiosidade de saber mais sobre a vida dele.

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+