Busca avançada



Criar

História

Superação gera gratidão

História de: Tatiane
Autor: Tatiane
Publicado em: 13/02/2019

Sinopse

A história de sofrimento de uma menina que desde cedo teve que aprender a lidar com os obstáculos da vida de quem não tem dinheiro.

Tags

História completa

Esse relato trás a história de como foi difícil me formar em um curso superior, como os obstáculos me fortaleceram e como é importante ter por perto pessoas que torcem por você. Então vamos lá!

 

Meu pai faleceu quando eu ainda tinha 6 anos de idade, deixando minha querida mãe com sete... é isso mesmo, sete filhos pequenos. Minha mãe ficou sem chão, lembro-me com clareza das noites que a ouvi chorando quietinha sem saber o que fazer. Mas ela é uma mulher de fibra e é de escorpião (vocês não imaginam como é uma mulher desse signo). Com muito esforço superou todos os obstáculos que foram impostos para ela e olha que não foram poucos. O tempo passou, os filhos cresceram e as coisas foram se ajeitando, isso mesmo... E ufaaaa até que um dia a turbulência passou.

 

Então a partir daqui eu sigo a minha história, isso a particular, com 14 anos iniciei no primeiro emprego, nada de mais era babá de uma menina linda por sinal fiquei por lá um ano, depois trabalhei de secretária em uma escola de idiomas, mas não foi fácil até aí tudo bem eu nunca tinha tido nada fácil até ali mesmo, fiquei pouco tempo e logo fui trabalhar no comércio... Ah, mas nunca abandonei os estudos, seguia firme, esse trabalho no comércio me fez crescer muito e acredite só sai de lá quando já tinha me formado e também já tinha formado minha família. Essa senhora foi um anjo na vida de minha mãe há muito tempo, e agora me ajudava também.

 

Logo que terminei o ensino médio, fiz cursinho e passei para o curso de história na universidade federal, nossa foi demais fiquei muito contente e minha família também, eu era praticamente a primeira a estar no ensino superior, tive muitos obstáculos, pra variar né... Ao longo dessa caminhada tive muito motivos para surtar ou enlouquecer mesmo, mas me mantive firme com o apoio da minha família e também do meu esposo, na época namorado. Enfim, em 2014 eu tive meu filho quase junto com meu diploma, colei grau quando tinha apenas vinte dias de nascimento do meu pequeno menino, e no ano seguinte já iniciei no meu primeiro emprego como professora, foi assustador mas eu sobrevivi, sim estou até hoje na área... Hoje eu amo o que faço e faço com amor. E digo para todos, faça o que der, mas faça com amor.

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+