Busca avançada



Criar

História

Silêncio na rede

História de: Kalyne Menezes Souza
Autor: Kalyne Menezes Souza
Publicado em: 04/11/2020

Sinopse

Diário de Kalyne Menezes Souza, 14 de setembro de 2020. Jornada, dia 5.

Tags

História completa

Hoje estive na chácara com meus pais, geralmente passamos o fim de semana lá. Tem um rio, uma casa amarela, é um refúgio para os tempos de calor. O dia foi agitado, um casal de tios chegou para almoçar, conversamos muito, nadamos no rio. Mas o período que me tocou foi o fim do dia, deitei na rede, estava silêncio. O sol já estava mais baixo, e eu lia uma história de vampiro no meu Kindle. Por um instante eu desejei não levantar dali, desejei ficar naquele lugar, naquele silêncio. Quis fechar os olhos e dormir, mas não o fiz porque em breve retornaria para a cidade. Às vezes é como se o vampiro da história também tivesse sugado um pouco da minha energia, mas é o dia a dia, as notícias (que nem leio/vejo mais), o ritmo estranho da vida durante a pandemia que tem o feito. Fecho os olhos, não vejo a hora de voltar pra rede de novo.

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+