Busca avançada



Criar

História

Seu Mário um homem simples e trabalhador

História de: Seu Mário um homem simples e trabalhador
Autor: Márcia Lúcia Melo Wanderley
Publicado em: 22/11/2019

Sinopse

or Marcia Lucia de Melo Wanderley - Monday, 11 Nov 2019, 15:11 Boa tarde! Márcia Melo, Escola Cristã Plenitude, Marituba/Pa. Sinopse; Seu Mário um homem simples e trabalhador. Esta obra traz o relato de vida do seu Mário , um homem que nasceu em uma casa simples, não podia brincar na rua porque seus pais achavam que as pessoas seriam más influencias.Ele fazia seus próprios brinquedos e brincava em casa com seus irmãos, era muito curioso e queria muito saber como funcionava um radio. Ele começou a trabalhar aos 15 anos para ajudar a família, trabalhou na aeronáutica e hoje trabalha como agente de portaria em uma escola publica de Marituba

Tags

História completa

Historia de Seu Mario Mario da Costa Lobato, nasceu em dezesseis de Outubro de Mil Novecentos e cinquenta e Sete, sendo o 4º e ultimo filho de Raimundo Barbosa Lobato, um afuaense que veio morar em Belém ainda criança com sua Avó, onde conheceu sua esposa Dona Cosma da Costa Lobato, que veio do município de Barcarena. Seus pais eram pessoas simples, que desde cedo começaram a batalhar pela sobrevivência. Seu pai após da baixa da Aeronáutica, onde serviu como soldado de 1º Classe, foi trabalhar em um Curtume no bairro onde morava, enquanto dona Cosma fazia trabalhos de costura para ajudar seu marido a comprar um terreno para construir sua primeira casa, enfrentaram muitas dificuldades, enquanto nasciam seus primeiros filhos, primeiro nasceu Gloria, que infelizmente veio a falecer aos três anos de idade, vitima de meningite, alguns anos depois nasceu João, Rita e Mario. Na época que nasceu Mario a situação financeira da família já estava estabilizada, tanto que a família foi a primeira na rua onde morava a possuir um aparelho de Televisão. Mario teve uma boa infância, porem não podia brincar na rua, pois seus pais acreditavam que seus vizinhos seriam más influencias, seu Raimundo, na época trabalhava como transportador de documentos entre firmas(OFFICEBOY) onde tinha contato com muitas pessoas instruídas ás quais sempre lhe presenteavam com livros de conhecimentos gerais, no que resultou na formação de uma biblioteca em casa, onde seu Mario os folheava avidamente, o que contribuiu muito para a sua formação. Aos nove anos seu Mario ingressou na escola publica já alfabetizado, aos quinze anos fez um curso de Radio Técnico por correspondência, pois tinha muita curiosidade em saber como funcionava um radio, após a conclusão do curso foi trabalhar em algumas oficinas para adquirir experiência, após adquirir experiência seu Mario foi contratado por uma grande empresa de Consertos Eletrônicos - Radio Eletro Peixoto, como Auxiliar Técnico, onde posteriormente recebeu um convite de trabalho de um oficial da reserva que conhecia o seu excelente trabalho, o convidou para trabalhar com ele e sua equipe na aeronáutica como servidor civil, onde consertava os equipamentos de radio comunicação de terra com canteiros distantes e aeronaves de transporte, muitas vezes seu Mario se deslocava de avião para locais distantes, onde havia um canteiro de obras da aeronáutica para fazer reparos de alguns equipamentos no local, permaneceu nesse emprego por nove anos, até decidir trabalhar por conta própria. Então seu Mario foi trabalhar com um de seus colegas de trabalho da firma Peixoto, que se encontrava bem sucedido, seu Mario se encantou pela irmã de seu amigo, chamada Edna, que futuramente passou a ser sua Esposa, com o passar dos anos o irmão caçula de dona Edna foi assassinado e deixou um filho pequeno e que a mãe Não teve condições de criar, deixando-o com dona Edna e seu Mario para cria-lo, anos depois voltou a trabalhar na aeronáutica, agora como funcionário temporário por mais oito anos, com o passar dos anos a saúde de seu Mário já não era a mesma, sua visão estava debilitada o que prejudicou muito seu desempenho no exercício de seu trabalho, mesmo assim dentro de suas condições continuou trabalhando por conta própria oque não durou muito tempo. Pois seus problemas de saúde já não permitiam que ele continuasse trabalhando, foi então que seu Mario através de amigos conseguiu um emprego de agente de portaria em uma escola chamada Cristã Plenitude na Cidade de Marituba-PA onde até hoje se encontra trabalhando.

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+