Busca avançada



Criar

História

Professora, esposa, mãe

História de: Luciana
Autor: Lia Cristina Lotito Paraventi
Publicado em: 25/11/2019

Sinopse

Esta é a história de Luciana Farias de Oliveira, 45 anos de idade, hoje professora na Rede Municipal de Ensino de Indaiatuba, São Paulo. Esposa, mãe de três lindos filhos. Luciana leciona para uma turma de 5º ano. Possui um grande amor por libras, sendo interprete na igreja onde congrega. Acredita ser incrível a capacidade que o ser humano tem de resgatar memórias e compartilhá-las.

Tags

História completa

 

 

Esta é a história de Luciana Farias de Oliveira, 45 anos de idade, hoje professora na Rede Municipal de Ensino de Indaiatuba, São Paulo. Esposa, mãe de três lindos filhos.

Luciana leciona para uma turma de 5º ano. Possui um grande amor por libras, sendo interprete na igreja onde congrega.

Acredita ser incrível a capacidade que o ser humano tem de resgatas memórias e compartilha-las.

É assim, que esta história se inicia...

Luciana Farias de Oliveira nasceu no dia 17 de fevereiro de 1974, em Itapevi, São Paulo. É a mais velha de uma família de três irmãos. Nutri uma paixão por libras e dança do ventre. Considera a dança como um dos exercícios mais completos para se praticar.

Filha de militar, viajava com muita frequência. Devido seu pai seguir  tal profissão, e não fixar residência por um longo período em um determinado lugar, mostrou-se um pai muito compreensivo, pois a ausência a afetava bastante, então para compensar  a levava para o quartel, onde vivera momentos de muita diversão e alegria.

Sempre considerou sua mãe uma mulher guerreira, forte, pois trabalhava o dia inteiro para contribuir com as despesas da casa e estudava durante o período da noite. Luciana diz que sua mãe “sempre foi dedicada e protegia seus filhos como uma leoa protege seus filhotes”.

Todo o tempo em que sua mãe estudou, lembra com muito carinho de seu pai esperando-a no portão de casa com um cobertor e um prato de sopa bem quentinha nos momentos de frio.

Durante seu período escolar na infância, Luciana nunca procurou fazer amigos, pois saberia que mudaria em breve.

Sempre passava o fim de semana na casa de sua avó materna, onde se reunia toda família para o almoço. Lá brincava muito com seu irmão e primos de jogar mamona, andar escondido na linha férrea.

Uma lembrança memorável foi quando ela e sua prima brigaram por um carretel de linha. Sua avó quando viu tal ação, as pegou pelos cabelos e indagou que prima não briga, até que fizessem as pazes. Hoje Luciana e sua prima são muito amigas e possuem grande afinidade.

Quando estudou em Quitaúna, Osasco-São Paulo, na escola Instituto São Pio X, seu pai resolveu buscá-la na escola com a viatura do quartel. Diz ela ter sido um momento inesquecível, pois sempre se sentia excluída, e naquele dia sentiu-se a pessoa mais especial do mundo.

Luciana não recorda de um professor que houvesse marcado sua vida escolar, mas afirma ter sido nesta escola que seu gosto pela arte iniciou. “Era muito mais que desenhar e pintar”, afirmou ela.

Durante sua adolescência relatou que seus familiares lhe fizeram uma surpresa, uma festa de aniversário juntamente com sua formatura.

Luciana se formou no ensino médio em Macapá, onde também recebeu o título de Miss Verão da cidade. Diz ter vivido momentos maravilhosos no estado. Foi em Macapá que engravidou de seu primogênito.

Comenta que não foi uma garota namoradeira.

Hoje Luciana está casada com um homem temente a Deus, assim como ela. O conheceu na faculdade. Estão juntos há quase 24 anos.

Luciana considera como uma das coisas mais importantes a amizade e o amor que sente por sua família e alguns amigos.

Sempre pode contar com boas pessoas em sua volta.

Diz que, “ser amigo não é aceitar  tudo o que se faz e diz, e sim saber discordar, colocar seu ponto de vista e acima de tudo saber respeitar opiniões. ”

Tem um grande sonho de conhecer Dubai e poder presenciar e deliciar com a chegada de seus futuros netos.

Luciana...

...Mulher guerreira, iluminada por Deus, que irradia luz como o girassol na vida. Busca ao máximo aproveitar a vida com pessoas que ama. Luciana atrai sorrisos. Ela sempre brilha na vida e emana gentileza.

 

 

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+