Busca avançada



Criar

História

Os sinos da amizade

História de: Thais Cardoso Barbosa
Autor: Thais Cardoso Barbosa
Publicado em: 14/12/2020

Sinopse

Diário de Thais Cardoso Barbosa, 10 de outubro de 2020.

Tags

História completa

Uma outra história que não é tão complexa assim e que eu queria contar é que passar tanto tempo em casa... e olha que eu já passava assim nas férias muito tempo aqui na minha casa... Mas, essa quarentena, é tipo 24 horas. Não sei se dá pra ouvir no áudio, mas, sempre que muda de horário, de hora, no caso, você consegue escutar o badalar das igrejas. Tem muita igreja, por aqui, e eu acho que, pelo menos, umas duas ou três têm sinos que tocam conjuntamente, de hora em hora, e eu não percebia isso, porque estava sempre correndo e quando dava o horário eu já estava saindo de casa. Mas, agora, me dou bem mais conta de quanto o tempo passa rápido. Parece que tem menos de 24 horas em um só dia, e eu fico me perguntando qual o sistema que eles adotam para tocar esses sinos? Como ninguém nunca processou uma questão judicial, pois eu tenho interesse de pesquisar. Mas gosto deles, também, porque me faz sentir menos sozinha quando eu estou tendo aula, às nove da manhã. E só consigo escutar o professor e uns colegas falando. Eu percebo que pelo menos no meu bairro tem mais gente existindo nesse horário do dia, me sinto melhor.

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+