Busca avançada



Criar

História

Os álbuns de fotografias que salvarei

História de: Cristina de Andrade Brugnara
Autor: Cristina de Andrade Brugnara
Publicado em: 16/09/2020

Sinopse

Diário de Cristina de Andrade Brugnara, 20 de agosto de 2020. Jornada, dia 2.

Tags

História completa

O que eu levaria comigo se tivesse que fugir, sair as pressas, etc? Levaria os álbuns de fotografia, todos. Adoro álbuns de fotos, árvores genealógica e histórias de família. Consegui restituir uma grande parte da história das famílias dos meus pais e possuo documentos e fotos. Não gosto de foto digital, porque ninguém fica olhando no celular, fica relembrando como em um álbum. Meus filhos possuem vários álbuns que fui "montando" e anexando ingressos, desenhos, convites, trabalhos escolares. Temos álbuns para viagens, para esportes, atividades extras, irmãos, etc. Alguns utilizei a técnica de scrapbook. Sentar, seja no chão e/ou no sofá, com família, amigos, filhos e rever é muito bom. É encantador. São muitos álbuns a serem carregados, mas levaria todos, sem exceção. Os filhos dos meus amigos amam rever.

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+