Busca avançada



Criar

História

O Show de Mário

História de: Mário Botelho
Autor: Mário Botelho
Publicado em: 27/04/2022

Tags

História completa

Em primeiro de julho de 2004 nasce Mário Botelho, lá em Fortaleza-CE,. Logo quando criança mostra suas habilidades comunicação que sempre funcionam muito bem já que ele desde que aprendeu, nunca mais parou de falar. E de fala em fala se achou no meio artístico logo cedo quando tinha 9 anos entrou no seu primeiro curso de teatro no seu colégio, muito impulsionado por sua avó que sempre lhe levou a consumir arte desde cedo. O que ela não imaginava é que a partir daquele incentivo ele iria se descobrir como uma pessoa muito comunicativa. No colégio ao longo do tempo que foi passando ele foi tendo cada vez menos amigos, sabia que seu jeito meio excêntrico e intenso não era de fácil acesso a todos, o que o deixa feliz hoje é saber que seu jeito excêntrico e intenso pode sim ser de fácil acesso contanto que as pessoas estejam abertas. Em questão de estudo no colégio nunca se identificou muito com alguma matéria específica, mas percebia que quando se apaixonava por algum assunto ia até o fim pra descobrir o máximo possível sobre tal assunto. Em relação ao teatro lá sempre foi sua segunda casa, cantar, dançar, atuar amava os três e se dedicou o máximo que pode mesmo com os empecilhos no caminho muito por causa do preconceito e homofobia da época, em 2017 entrou numa escola de teatro musical no ceara a “The Biz- Performing Arts” onde além de ter feito em torno de 10 musicais de 2017 a 2021 pode fazer licenciados da Broadway, o que certamente ele não esperava é que iria conhecer pessoas incríveis que não o mudariam só artisticamente mas também mudariam sua vida e percepção de mundo. O interessante é que por estar inserido nesse meio acabaria também desconstruindo várias ideias que sua família conservadora tinha. Porém, o teatro foi perdendo o encanto, as pessoas continuavam e só ganharam importâncias, mas estar no palco não lhe satisfazia mais, foi aí que encontro uma palavra que mudaria tudo “Entretenimento” desde que descobriu essa palavra, soube que era com isso que queria trabalhar na vida, então começou a consumir muitos produtos de filmes, séries, realitys e afins e percebeu que nisso ele era bom e poderia crescer em cima disso. Os amigos do teatro de Mário sempre foram mais velhos o que o fez ser meio “diferente dos outros garotos”, como por exemplo com 11 anos escreveu seu musical que tinha um ótimo plot e músicas terríveis, mas também teve o lado de sempre ser tratado como um irmão mais novo o que pode ser bom porque é criado um relação de amizade forte, mas as vezes podem o colocar numa caixinha onde só se saí depois de muita luta. Em questão de sexualidade, demorou para Mário entender que tudo flui dentro do espectro da bissexualidade e que tá tudo bem gostar de homem num dia e de mulher no outro, e isso é extremamente valído e natural, hoje ele se sente muito realizado com sua bissexualidade Como dito anteriormente pertence a uma família conservadora, onde as vezes o faz brigar muito com seus parentes, mas ao mesmo tempo Mário enche seu coração de felicidade quando vê seus pais abertos a se desconstruírem mesmo que no ritmo deles. Quanto a política Mário é um esquerdista de carteirinha, porem não idealiza nenhum político, mas demoniza ao extremo o atual presidente Bolsonaro, não concorda com nenhuma de suas ações e vai lutar até o fim para que esse não se reeleja, logo no primeiro ano que irá votar. Uma recente mudança na vida de Mário foi a ida para São Paulo sempre foi um sonho dele ir para ai, mas o que não era um sonho tão planejado era estudar Rádio, TV e Internet na Casper Líbero, descobriu o curso na véspera do vestibular e a cada dia que passa se apaixona mais pelo curso e vê que é com isso que quer trabalhar no resto da vida. Ultimamente seu maior sonho é viver intensamente tudo o que a faculdade e a vida social proporcionam, pois hoje acredita que sonhos são construídos dia a dia. Um dia seu professor de sociologia que trabalha na wikipédia o pediu para escrever uma biografia sobre você mesmo e sentado numa poltrona de avião indo de fortaleza para São Paulo, um voo de três horas, Mário escreveu esses texto, mesmo sem saber se está bom ou não, ele decidiu narrar tudo em terceira pessoa (não o pergunte por quê fez isso) e torce para uma boa nota nesse trabalho.
Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+