Busca avançada



Criar

História

O dia que tirei a camiseta na praia sem medo de ser feliz

História de: Renato
Autor: Renato
Publicado em: 25/03/2019

Tags

História completa

Quando eu tinha por volta de 8,9 anos, eu desenvolvi a doença de vitiligo que é a despigmentação da pele. Por conta disso, eu tenho uma mancha branca no peito, nas costas e no braço que é o motivo de olhares estranhos e julgadores de muita gente. Sempre que ia à praia - que ocorria pelo menos uma vez ao ano, já que tinha primos que moravam em Bertioga - ou surgia situações que eu poderia ficar sem camiseta, eu evitava tirá-la. Eu preferia ser taxado de estranho por entrar no mar de camiseta do que ter que encarar olhares de pessoas que julgavam aquelas marcas em meu corpo. Segui com isso na minha vida até uma conversa com, hoje minha esposa, quando eu tinha mais ou menos 20 anos que conseguiu tirar todo esse peso das minhas costas e as neuras que isso me trazia. Hoje, se é permitido tirar a camiseta e eu quero, faço isso sem o menor problema.

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+