Busca avançada



Criar

História

O começo do alumínio em Barcarena

Sinopse

Em sua narrativa, Benedito nos fala de sua infância no interior de Abaetetuba, seu sonho de criança em ser diplomata e seus primeiros trabalhos. Em seguida, nos traça um histórico do alumínio em Barcarena, através de sua vasta experiência dentro da Albras. Fala da primeira cuba (forno) de alumínio, da relação das empresas com a comunidade, do treinamento necessário dos mais jovens metalúrgicos.

Tags

História completa

Seis de julho de 1985 foi o dia que foi escolhido para começar a história do alumínio em Barcarena. Preparamos tudo e foi aí que nós partimos a primeira cuba da Albras, Partimos, em torno de oito horas da manhã. Nos preparamos, lógico, treinamento e tal, porque ninguém tinha visto isso antes. A gente tinha treinado, mas nunca visto de fato como ia acontecer. Tinha uma estrutura muito grande, os japoneses estavam aí, porque a Albras é do Japão, é a Hydro hoje. Enfim, era coisa que só em sala de aula, mas deu tudo certo.

Quando a gente chegou já, depois de alguns meses de treinamento, a gente já tinha certeza do que era. Então, para nós, quando nós partimos a primeira fase e acabou a partida, a gente não imaginou que a gente ia chegar ao que a gente é hoje. Eu nunca imaginei. Na época era partir uma cuba e começar a história do alumínio. E hoje, quando a gente vê a proporção que se tornou a Albras, depois veio a Alunorte, para juntar o ciclo aí. É só aí que a gente entende melhor. Depois de trinta e cinco anos só…

Eu entrei como operador, eu era da partida. Depois virei operador de cuba. Faz acho que uns quinze anos atrás, eu comecei a fazer o treinamento dos mais jovens. Surgiu essa necessidade e eu sou como que um embaixador pros caras, certo? Eu faço a interface da área, treino todo mundo. Eu acho sempre muito motivador, transformar esses caras em profissionais. Nunca me imaginei aqui, mas aqui estou.


 

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+