Busca avançada



Criar

História

Não coloque vírgula, onde precisa de ponto final.

História de: Emanuela Wioppiold
Autor: Emanuela Wioppiold
Publicado em: 05/07/2022

Sinopse

História de uma menina que muitos disseram pra desistir. 

Tags

História completa

Prazer me chamo Emanuela Wioppiold (mas me chamam de nega),nasci dia 09 de maio de 2005 ás 22:15 ,em Cachoeira do Sul RS , e atualmente tenho 17 anos.Moro atualmente com minha avó e minha mãe , e na casa do fundo minha irmã e meu cunhado.Minha mãe conheceu meu pai,quando ela tinha 16 e ele 18 , desse casamento veio eu e minhas irmãs mais velhas. Não me lembro muito d minha infância , só vem alguns momentos marcantes ,mas não pretendo me alongar nesse assunto.Com 8 anos perdi minha pessoa preferida no mundo.Aos 11 ,meus pais se separaram ,depois desse acontecimento as coisas só pioraram ,vi minha família se separar .Em 2017 , 2018 e 2019 foram os piores anos da vida ,minha família não se falava e brigavam bastante.Nos 2 primeiros anos passei fome,medo e tristeza ,imagina uma criança de 12 anos entender que tem depressão infantil desde os 8. No ano de 2019 foi sem duvidas o pior ano , nunca liguei pros julgamentos sobre meu corpo ,mas naquele ano foi diferente eu me importei. Pessoas que eu considerava meus amigos me destruiram ,me quebraram mas eu ja perdoei eles . "Se vermelho é a cor do amor,por que tem amor escorrendo nos seus pulsos" , sim eu encontrei na auto mutilação ,tentei me matar diversas vezes naquele ano.Em 2020 minha mãe levou eu e minha avó para morar com ela e meu padrasto  e começei a melhorar aos poucos. Em agosto deste mesmo ano eu comecei a conversar com um menino chamado Lucas , ele me ajudo nos meus piores momentos . Nos conhecemos pessoalmente em 09.09.2020 e começamos a namorar um dia depois .Quase 2 anos depois ,nós continuamos juntos .Eu estou aprendendo a viver aos poucos , e agora saindo da dependencia emocional.Estou seguindo em frente , e amadurecendo a cada dia . Pretendo ano que vem morar com meu namorado .Encontrei um lugar pra me sentir em casa com  meu namorado e a familia dele me acolheu ,e estão me ajudando.Estou finalmente sendo feliz."Vivemos dentro de um enorme livro,com histórias diferentes , enquanto um começa a ler sua primeira página ,outra lê seu último capítulo" . 

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+