Busca avançada



Criar

História

Minhas memórias

História de: Clodoaldo Gomes Tibiriça
Autor: Clodoaldo Gomes Tibiriça
Publicado em: 04/09/2020

Sinopse

Diário de Clodoaldo Gomes Tibiriça, 21 de agosto de 2020. Jornada, dia 1.

Tags

História completa

Fui batizado no dia 24/12/1956 pelo meu avô paterno, Oswaldo, e pela minha tia Maria Helena, irmã de meu pai. Quando eu tinha 3 ou 4 anos, aproximadamente, minha tia me levava para passear aos sábados a tarde. Todo sábado era, para mim, motivo de muita expectativa. Minha tia me levava para passear em locais diferentes a cada sábado. Lembro-me de muitos lugares: da Praça Charles Muller, do Pacaembu, do Parque Buenos Aires (na Av. Angélica), da Catedral da Sé e do recém inaugurado Parque Ibirapuera. Esse último era o meu preferido. Por lá passávamos a tarde toda. Eu me lembro perfeitamente de correr pelo gramado e sentir o cheiro da grama, das plantas e das árvores. Pouco tempo depois minha irmã mais nova, juntou-se a nós. E aí éramos eu e minha irmã correndo e desfrutando daquele lindo parque. Depois sentava-mos os três na grama para saborear os sanduíches e sucos que minha tia levava em sua cesta de pic-nic. Minha tia lançava um desafio para nós dois: adivinhar o que ela trazia de lanche para a tarde. Eu e a minha irmã encostávamos bem perto da cesta de pic-nic para sentir o cheiro do que estava ali preparado para nós. E minha tia dizia em tom de brincadeira: quem acertar come mais... E assim passávamos tardes deliciosas de nossa infância,na companhia de nossa querida tia Maria Helena, que infelizmente não está mais entre nós. Muito obrigado.

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | [email protected]
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+