Busca avançada



Criar

História

Minha história é um livro aberto

História de: Eleonora de Barros Amoy
Autor: Museu da Pessoa
Publicado em: 10/12/2010

Sinopse

A história de vida de Eleonora Amoy se confunde com a do seu marido e com a história da cidade de Óbidos-PA. O amor entre eles começou com uma proibição: ele era judeu, ela não. Passaram por cima disso, lutaram contra as tradições familiares e se casaram. A casa era uma alegria, o amor deles era enorme. E em meio a esse amor que eles cultivavam, sonharam também serem grandes comerciantes, e montaram uma grande e pioneira indústria de castanha naquela região.

Tags

História completa

Eu servia um banquete quando meu marido voltava de viagem. Essa casa aqui era uma festa! Ensinei a ele como dançar, então a gente dançava e era muito animado aqui em casa.

Foi tão bonito o nosso amor! Ele era judeu, de pai e mãe. Quando nos encontramos, ele já trabalhava para os pais. Ele fez faculdade de comércio em Belém. Aí eu viajei uma vez com papai para Belém, para passear, ia num navio em Paritins, e nós nos conhecemos. Mas pra namorar mesmo foi depois de muito tmepo. Mas foi um amor sem fim! Eu namorei cinco anos com ele por causa da guerra que havia na família.

Eles, a família Hamoy, que não queria que filho casasse com católico. Mas ele não respeitou, ele disse: "Vou casar e pronto." Juntos, colocamos aqui usina de castanha, prensagem de juta, serraria, pecuarista, tudo isso, fazenda, loja. Ele se tornou um grande empresário industrial. Fomos nós os primeiros a implantar uma indústria de castanha.

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+