Busca avançada



Criar

História

Momentos que me construíram

História de: Mariana Teixeira
Autor: Mariana Teixeira
Publicado em: 27/04/2022

Tags

História completa

Me chamo Mariana, nasci dia 13/08/2002 em São Paulo, onde morei minha vida toda e moro até hoje. Durante esses dezenove anos, mudei de casa somente uma vez e aconteceu logo após o divórcio dos meus pais, quando eu tinha 5 anos e minha irmã 2. Estudei em duas escolas diferentes: a Escola da Vila, onde fiquei até o nono ano, e o CPV, onde me formei no terceiro ano do ensino médio. Terminei a escola em 2020, então não tive formatura por conta da pandemia. No ano de 2021, ao invés de dar logo início a alguma faculdade, tirei um ano para me conhecer melhor e decidir o que eu realmente gostaria de seguir como profissão. Nesse tempo, realizei diversos cursos: workshops de dança, estudei línguas, cursos de teatro e somente no final do ano decidi que faria faculdade, pois de início minha ideia era fazer apenas um curso profissionalizante de artes cênicas. Hoje faço os dois: artes cênicas na Escola de Atores Wolf Maya e Rádio, Tv e Internet na Cásper Líbero. Meu curso de graduação foi escolhido como forma de ter um plano B, já que seguir carreira artística no Brasil é muito difícil, mas também porque acho válido e importante um ator ter conhecimento sobre o que acontece por trás das câmeras. Ainda nesse contexto de pandemia e quarentena, fiz e desfiz amizades, encontrei novas formas de passatempo, meu coelho faleceu, conheci novos hábitos e crenças e principalmente cresci muito como pessoa, e, por isso, esse foi um período marcante para mim. Novos gostos, opiniões, hábitos e formas de pensar e agir me encontraram nesse meio tempo. Conheci novas formas de enxergar a vida, mudei bastante em vários sentidos e entendi mais sobre o próximo. Outra grande importância para mim é a dança, a qual me acompanha desde pequena. Atualmente não consigo praticar devido à rotina, mas já experimentei modalidades como jazz, hip hop, sapateado, ballet e a dança do ventre que foi onde me encontrei e quero voltar a estudar o quanto antes. Também já estive na capoeira e foi graças a ela que quebrei meu braço pela primeira vez. Sim, quebrei mais de uma, mais especificamente o cotovelo do braço direito nas duas vezes. Quebrei também o meu pé uma semana antes do carnaval. Tive que passar esse feriado em casa e dias depois de tirar a bota ortopédica, fui ao lollapalooza e claro, saí de lá mancando. Creio que já tenha dado pra perceber que a arte é algo muito importante pra mim e para quem eu sou e um dos tipos que amo, mas não pratico, é a música. De exemplo dentro dela, há o Justin Bieber, de quem sou fã há mais de 10 anos e já fui em 3 de seus shows (o quarto será daqui há 5 meses). Seu nome, inclusive, deu origem ao nome do meu cachorro (Justin também), mas ninguém acredita quando digo que não fui eu quem escolheu, afinal eu que sou a fã. Retomando a separação dos meus pais, o dia em que ela aconteceu teve muito peso para mim (lembro exatamente de como foi o dia) desde aquele momento, afinal, é algo que afeta diariamente a forma em que vivo hoje e como convivo com meus pais. Moro com minha mãe, irmã e cachorro e gostaria de poder dizer que vejo meu pai semanalmente, mas não acontece assim, pois ambos temos corridas puxadas e que não se encaixam sempre. Sinto falta de contato diário e vê-lo pouco não é só um momento marcante, mas um conjunto de momentos marcantes que se acumulam a cada dia. Bom, essa sou eu através de episódios importantes que construíram quem sou hoje. Acredito que tudo tenha influenciado para que eu aja do jeito que ajo, para que eu pense da forma que penso e viva como vivo e busco a cada dia aprimorar. Minhas decepções com amizades, as realizações dos meus sonhos, meus hobbies, dores, descobertas e tudo que citei aqui, criou uma parte importante de mim. E para que eu possa evoluir e ter mais o que te contar numa próxima vez, desejo viver mais desses momentos marcantes como esses.
Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+