Busca avançada



Criar

História

Minha alma

História de: Lucas dos Reis Possa
Autor: Lucas dos Reis Possa
Publicado em: 12/12/2007

Tags

História completa

A minha história em relação ao Clube é pequena em relação ao meu pai. Mas não poderia de deixar de vir prestigiar o Clube e a mim mesmo. Eu descobri o Clube junto ao meu pai, pois ele tem quase todos os LPs do Milton. Tinha alguns do Beto e uns CDs do Flávio Venturini. Cada dia que eu o via cantar e escutar as musicas. Eu viajava junto, pois não há quem não viaje numa voz do Milton,, numa canção serena do Flavio. Já ia me esquecendo do Toninho que é um dos colegas do meu tio. Sou um cara de 22 anos há uns oito, anos venho ouvindo Milton, Lô, o Flávio, Claudio. E vendo também o grande gingado do Naná, que por sinal fiquei muito preocupado com ele após esse susto que nôs passou. Mas as músicas que mexeram comigo de uma certa forma, foram San Vicente do Milton, Feira Moderna, Sol de Primavera, Amor de Índio, e por ai vai. Não tem como falar tudo, pois Clube da Esquina, se eu fosse falar realmente estaria aqui segundos, minutos, horas, dias, semanas, meses, anos, décadas, séculos e nunca terminaria por que aí tem história. E não poderia deixar de falar do grande poeta escritor crítico. A esse cabe tudo um grande gênio da música brasileira, Fernando Brant. A você, agradeço pela oportunidade de ter me proporcionado ouvir as suas canções de uma maneira marcante. Esse é o grande Fernando Brant. Obrigado pela oportunidade. Abraços.

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+