Busca avançada



Criar

História

Medo de gente.

História de: Pedro Caires
Autor: Pedro Caires
Publicado em: 27/04/2022

Tags

História completa

Sempre fui muito na minha sabe? Muito tímido, sempre no meu canto, poucos amigos, tentando passar despercebido, nunca fui o mais popular da turma. No começo isso não me incomodava, eu gostava de viver no meu mundo, era onde eu me sentia bem, onde eu conseguia ser eu mesmo, mas com o tempo isso mudou, eu passei a me odiar por ser assim, “tímido”, eu não conseguia me relacionar com as pessoas à minha volta, por timidez, por medo de ser julgado, de tirarem sarro de mim, pra você ter ideia, no meu sétimo ano do ensino fundamental, meus amigos foram as mesmas 3 pessoas durante o ano letivo inteiro. Eu nunca me senti acolhido pelas pessoas, por algum motivo eu sentia que no fundo elas não gostavam tanto de mim e que era melhor eu me afastar pra não acabar incomodando, sei lá, vendo hoje em dia eu sinto que eu mesmo me sabotava pensando nessas coisas e que tudo poderia ter sido completamente diferente, mas prefiro não lamentar o que passou. Eu sempre via as pessoas indo para festas, saindo, se divertindo, fazendo amizades, e como claro eu nunca fui chamado pra essas coisas, eu me sentia muito triste e de certa forma “atrasado”, pois enquanto as pessoas estavam vivendo suas vidas e aproveitando ao máximo cada segundo, eu estava trancado em casa com um milhão de inseguranças sobre mim e sem vontade alguma de mudar esse cenário. Foi só quando eu entrei no primeiro ano do ensino médio, em 2019, que isso mudou, foram o melhor ano e a melhor sala possíveis, fiz amizades facilmente e criei vínculos tão fortes com essas pessoas que vou leva-las para a vida, me tornei cada vez mais sociável, as inseguranças que eu tinha, busquei mudar ou simplesmente deixa-las desaparecerem, pois comecei a entender que elas não moldavam a pessoa que eu era e meu caráter. Foi um processo lento mas posso dizer que tive muita ajuda, meus amigos, minha namorada, meus pais, o esporte, tudo isso fez com que eu percebesse que as coisas vão além de aparência, bens materiais e coisas do gênero. Hoje em dia eu ainda curto ficar um pouco no meu mundo, no meu canto, mas acho que hoje sou uma pessoa completamente diferente, tanto que as vezes quando eu comento com uma pessoa que já fui muito tímido, muito fechado, elas dizem que nunca imaginariam isso vindo logo de mim kkkkkk e eu fico feliz com isso. Acho que hoje posso dizer que perdi meu medo de gente.
Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+