Busca avançada



Criar

História

Mais amor, menos fome

História de: Vanda Rodrigues da Rosa
Autor: Vanda Rodrigues da Rosa
Publicado em: 28/08/2020

Sinopse

Diário de Vanda Rodrigues da Rosa, 26 de agosto de 2020.

Tags

História completa

Durante a pandemia criei um projeto +AMOR -FOME Juntos Somos Fortes e Gigantes. Contei com a importante participação de algumas empresas, ongs, sindicato, amigos, e três voluntários/conselheiros tutelares da região. Participo e participei como voluntaria em algumas ações temáticas, coletivas e individual ao longo dos anos e até a data de hoje na capital, grande SP, interior de SP e fora do país, pensando sempre em beneficiar um número maior de pessoas, animais e outros. Hoje estamos engajados no agravamento da crise pela pandemia de Covid-19, desde o início do isolamento social doando tempo, afetividade, esperança, amor, solidariedade e tudo mais que os moradores de rua, pessoas vulneráveis, melhores idades, cães e gatos e todas as crianças necessitam no momento e de imediato em suas comunidades e ruas da zona norte de SP. Essas ações só aconteceram como foi dito acima, porque recebemos ajuda, carinho, confiança, respeito, pontualidade e comprometimento de todos os envolvidos. Gratidão aos parceiros e todos aqueles que doaram recursos, Kits de bebê e kits de higiene, alimentos perecíveis, e não perecíveis, água gaseificada, cestas básica, produtos de limpeza, mascarás, álcool em gel, cadeiras de rodas, andadores, fraldas, roupas, cobertores, calçados, geladeira, livros, mimos, brinquedos, alimentos para cães e gatos, até trabalho braçal no manuseio dos alimentos para os marmitex. Entregamos toda semana quase 1.000 marmitex, leite em pó e máscaras. Não posso ficar de braços cruzados assistindo a desigualdade social, miséria, fome, frio, crianças precisando ficar em distanciamento, sem estudar por falta de recurso e equipamentos, só tristeza. Foi experiencia e vivência única e que não tem preço, ainda falta muito por fazer enquanto cidadã que ama o calor humano, o bem querer e amizade. Só consegui chegar nessas comunidades distantes e vulneráveis graças à ajuda e o voluntariado dos Conselheiros Tutelares. Exercer o trabalho voluntariado é transformar o olhar de todas as pessoas servidas, gera valor pessoal, é prazeroso doar de si antes de pensar em si e quem mais se beneficia é quem doa voluntariamente a atenção aos necessitados, vulneráveis e aos menos favorecidos. Espero ter conscientizado, impactado positivamente as pessoas e a sociedade mudando valores e hábitos, principalmente frente a pandemia de Covid-19 no isolamento social. Ao Atados só gratidão e a disposição para esclarecimentos/e ou dúvidas. Fraternal abraço.

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+