Busca avançada



Criar

História

Lugar bom e tranquilo

História de: Eliane Franciscato
Autor: Museu da Pessoa
Publicado em: 00/00/0000

Sinopse

Ascendência europeia. Vida em São Bernardo do Campo. Relação da preservação do meio ambiente com a cidade e o trabalho na área da Educação.

Tags

História completa

 

R – Meu nome é Eliane Franciscato, 30 de março de 1966 e eu nasci aqui em São Bernardo.

 

P/1 – E você pode me falar qual é a origem da sua família?

 

R – É, meus avós, tenho avós por parte de mãe que são italianos e meu avô por parte de pai é italiano e minha avó é filha de espanhol, e os meus pais nasceram no estado de São Paulo, interior de São Paulo.

 

P/1 – São Paulo mesmo?

 

R – Hã hã.

 

P/1 – Legal. E aqui em São Bernardo, onde é que você mora, o bairro?

 

R – O bairro é Vila Tereza.

 

P/1 – Você pode me dizer assim como é que é esse bairro em que você mora? Se você gosta, como é que é o bairro?

 

R – Ah, o bairro é tranquilo, é um bairro bom, bem localizado.

 

P/1 – E faz tempo que você mora nele ou não?

 

R – Faz, quase a minha vida inteira.

 

P/1 – A vida inteira?

 

R – É.

 

P/1 – Ah, então vai ficar lá para o resto da vida também ou...

 

R – Não. Estou pensando em mudar.

 

P/1 – Mas, em São Bernardo ainda?

 

R – É, São Bernardo.

 

P/1 – Daqui você não sai?

 

R – Por enquanto não, não tenho planos.

 

P/1 – Legal. E daqui de São Bernardo assim, do que é que você mais gosta da cidade e por quê? O que mais te chama a atenção pra falar “Eu moro em São Bernardo e eu gosto”? O que te chama mais atenção?

 

R – O que mais me chama a atenção? Ah, eu não sei, que eu estou acostumada, eu gosto da cidade, eu nasci aqui, né, e trabalho aqui também, nunca trabalhei fora daqui a não ser... trabalhei na cidade vizinha aqui que é Santo André, mas é bem... é próximo, né? É a cidade onde eu nasci, onde eu vivo e assim pra eu me deslocar pra outro lugar também é meio complicado.

 

P/1 – É complicado. Porque já está acostumada com aqui...

 

R – Estou acostumada com aqui.

 

P/1 – Ah, legal. 

 

R – Então fica tudo fácil, está tudo perto e fácil aqui pra mim.

 

P/1 – Ah, então por isso que tem um porquê de morar aqui. E aqui em São Bernardo você conhece alguma ação de preservação do meio ambiente?

 

R – Do meio ambiente? Ah, eu...

 

P/1 – E se você participa delas?

 

R – Não, não participo, mas eu acho que, em comparação a outros lugares, a cidade, ela é arborizada e existe uma preocupação assim com a questão de parques e jardins da cidade, tem problemas, mas existe uma preocupação de manter, né, de ter.

 

P/1 – Você é diretora de escola, né?

 

R – Sou.

 

P/1 – Você faz projetos dentro da escola com os alunos de reciclagem ou...

 

R – É que tem um tempo que eu estou assim, eu estou em uma escola que é de educação profissional, então eu estou... é mais voltada assim à área de, na verdade, é voltada a curso de capacitação, de qualificação profissional, então não tem tanto. Assim, o assunto sobre meio ambiente é tratado como assim uma parte formativa do curso, então é abordado nos cursos que são dados na escola que eu trabalho, né, então eu não estou trabalhando diretamente com criança agora. 

 

P/1 – E os alunos, eles gostam quando vocês fazem esse tipo de coisa na escola, eles se interessam?

 

R – Ah, sim. Eu acho que qualquer coisa relacionada ao meio ambiente, né, dos alunos. 

 

P/1 – Tem alguma história que você pode contar pra gente?

 

R – Relacionada à cidade?

 

P/1 – É, aqui na cidade.

 

R – Não sei se eu vou conseguir lembrar. 

 

P/1 – Algum mercado, no shopping, na rua... Aquela coisa engraçada que acontece.

 

R – Mas, assim curiosa... 

 

P/1 – Ah, se você não tiver tudo bem.

 

R – É, agora no momento eu não estou lembrando de nada curioso, não.

 

P/1 – Perguntando assim não vai lembrar, né?

 

R – Não, não, assim de repente a gente não lembra. Se para pra pensar e voltar um pouco a fita, tudo bem, mas assim de repente eu não estou lembrando não. 

 

P/1 – Não, mas então tudo bem Eliane. Então, a gente está fechando por aqui. Muito obrigado. 

 

R – Obrigada vocês também. 











Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+