Busca avançada



Criar

História

história de um ex banana!!!

História de: jv
Autor: jv
Publicado em: 19/09/2016

Tags

História completa

tudo começou em 1997, agosto de 1997, finalmente nasci depois de 9 meses "trancado" (risos). finalmente liberto, até crescer um pouco, durante alguns anos, e ver que o mundo é bem diferente o que conhecia. os anos vão se passando, os interesses, curiosidades aumentando e a diferença entre coisas erradas e certas também... vou mexer em algo, uma voz do além grita "não mexe aí senão vai apanhar" tento subir no sofá, outra voz grita "não sobe senão vai cair e apanhar", e o mundo que era liberdade virou uma prisão sem grade... e, novamente, os anos vão se passando e as responsabilidades vão aumentando também. os hormônios começam a aflorar, a barba começa a crescer (finalmente o primeiro fiapo), e em outras partes do corpo também (nessas partes não precisava de crescer cabelo e nem precisam ser mencionadas). a partir dessa reviravolta dos hormônios, as garotas começam a ser vistas mais atraentemente, dificultando ainda mais a vida do cara feio, gordinho, que usa óculos e tem espinhas, no PQB (Parâmetro de Qualidade para o Bullying) eu era perfeito, várias e várias vezes levei foras dos variados tipos, tratava as meninas com educação e charme (mentira, nem sabia o que era charme), até falar "desculpa, eu tenho que fazer a festa de aniversário do meu cachorro" eu já ouvi, uma tentativa de evitar ficar comigo, wtf, quem faz o aniversário do cachorro?! então, o gordinho resolveu ir atrás de seu sonho, sua paixão, depois desse fora, fui comer um Big Mac, aquela coisa consegue te fazer esquecer dos problemas... aos 14 anos, quando entrei para o time de futebol do goiás (mais parecia a bola que eles usavam para jogar lá), comecei a emagrecer, "aeeeeew", mas esse "emagrecer" foi um pouco além. comecei a emagrecer de tal forma que parecia uma vara de bambu usada para pegar manga, e ainda era ruim no futebol... depois de 3 anos jogando, um problema no joelho me tira do esporte... comecei então a querer aprender a tocar violão (as meninas gostam né?! hehehe), aprendi a tocar sozinho, entrei numa academia, comecei a ganhar massa (as coisas ja tavam melhorando), até entrar no terceiro ano do colégio... nesse ano, a única diferença foi o fato de eu voltar a emagrecer e chegar a pesar 58KG, mas foi o melhor ano da minha vida, as amizades, o companheirismo e a união que se tem por conta dos vestibulares. quando chegou o fim do ano, já havia passado na UFG, IFG, UnB e PUC, resolvi ir para a PUC(risos). o motivo de não ir para a federal foi a quantidade de greves, o fato de saber quando entrar e não saber quando iria sair, e, convenhamos, quem faz a faculdade é o aluno, desprezível o preconceito que há entre alunos da pública com a particular e vice-versa. enfim, voltei a encorpar, agora tudo tava dando certo, ja sabia tocar piano, teclado, guitarra, violão, cajon, um pouco de viola e um pouco de violino, físico já melhor, mais encorpado, nem fora não levava, ao menos, não na mesma frequência, início então da faculdade de engenharia civil, conheci pessoas que hoje já ajudam e significam muito na minha vida, festas da faculdade, garotas, barzinhos, garotas, acampamentos, garotas, já disse garotas?! ( risos, brincadeira). um ano depois de se começar a faculdade, resolvi procurar emprego, hoje trabalho como auxiliar administrativo e professor de autoCAD, além de dar aulas de violão. sobre crenças religiosas, não tenho uma fixa, tenho um pé em cada canto, um pé no catolicismo, um pé no budismo, um pé no evangelismo, um pé no espiritismo... busco o fazer e não o falar, esse "falar" consiste em alguém dizer que faz, que pratica, mas não é a verdade, apenas se diz ajudar. acho que o mais apropriado para mim é o termo "deísta". enfim, essa é a minha história, história de um banana, ou melhor, de um ex banana!!!
Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+