Busca avançada



Criar

História

Gratidão por uma etapa vencida

História de: Neize Ferreira da Silva
Autor: Neize Ferreira da Silva
Publicado em: 17/04/2019

Sinopse

Esta história é um grande aprendizado de vida. Para as mulheres com câncer de mama. Aprendi que  todas as enfermidades são vencidas se você tiver fé. Saber que temos um Deus que cuida de nós com muito amor. Que este relato possa proporcionar momentos de aprendizado e sabedoria. Abraços 

Tags

História completa

Mensagem: O que deus não tolera. 

             o  olhar orgulhoso

             a língua mentirosa

             mãos que matam gente 

             inocente. 

             mente perversa.

             pés que se apressam, para fazer o mal.

             testemunhas  falsas.

             pessoas que provocam brigas entre amigos. 

 

Dedicatória: aos filhos, Elizandra e Bruno. Ao ex-marido, Ailton Gregório. Aos familiares e amigos. 

Agradecimentos: a Deus e aos médicos Aciir e Dirceu. 

 

 

Prefácio: espero que está história, possa te proporcionar, momentos de sabedoria e aprendizado. 

 

A descoberta: No ano de 2005. Foi diagnosticado um câncer de mama, então me preparei com muita dor, silêncio e incertezas. Fiz a  primeira cirurgia no dia 6 de maio de 2005. Demorou muito. Muitas dores e falta de ar. Mas com a  família por perto fica tudo perfeito. 

 

No lado direito o nódulo estava crescendo. Logo veio o resultado. Maligno. Confesso que não acreditava que estava acontecendo comigo. 

 

Foi então marcada a segunda cirurgia para a retirada do tumor e das glândulas do braço  direito. Fiz vários exames. Sempre muito triste, não sentia fome. A falta de conhecimento sobre tudo que acontece em nossas vidas é algo triste. 

 

Independente de religião ou no que você crê, temos um Deus que nos ama incondicionalmente. E eu tenho muito fé. As provações da vida são uma oportunidade de crescimento. Comecei a procura de entendimento, orientações bíblicas, crescimento espiritual, emocional, e até relacional. Aprendi  que Deus  deseja  aperfeiçoar  nossas vidas e usa de todos os meios para conseguir  concluí-las.

 

 

AS   PESSOAS SE AFASTAM. 

 

O afastamento das pessoas foi a primeira coisa que notei. Acho que é por causa do conhecimento. Aconteceu comigo. Alguns familiares, amigos de trabalho... Fiquei muito triste. Porque é nessas horas que precisamos de amor, atenção, amizade. Senti na pele essa rejeição. Gostaria muito que as pessoas refletissem, amassem mais, abraçassem, dessem uma palavra amiga. Nunca imaginei passar por isso. Oro a Deus. Para que as pessoas não tenham um coração  quebrado, e meditem  dado  misericórdia, pureza, santidade e solidariedade. 

 

Numa tarde, sozinha em minha casa, muito triste, senti a presença de Jesus, era como se ele estivesse pertinho de mim. Falei com muita vontade de resposta. Deus. Jesus seu filho, veio ao mundo, morreu por mim, levou toda doença e enfermidades. Que eu fique  curada, em nome de Jesus. 

 

Senti uma dor no momento, um calafrio, depois um refrigero.

 

Que sensação gostosa, pude ver o quanto Deus, cuida de cada um de nós. 

 

Na minha vida, naquele momento, era só alegria. 

 

Em  26  de  maio fiz a segunda cirurgia com  um sucesso maravilhoso. Fiz outra biopsia. Pela honra e glória do senhor, deu negativo. Jesus foi meu maior psicológico. Felicidades sempre. 

 

Depois comecei as seções de quimioterapia, também foi um sucesso. Deus sempre à frente. Os cabelos caíram. Usei lenços. Sempre dizia: “ele irá crescer.”. 

 

 Fiz a radioterapia, também. Com muita vontade de resposta e sucesso. 

 

 Agradeço a Deus, aos meus filhos, familiares e amigos, por tantas forças. Hoje aceitei Jesus, porque não sei viver sem ele e suas ferramentas de conhecimento. 

 

Tenho ajudado muitas mulheres com meu testemunho. Esperança sempre de um amanhecer sempre melhor. 

 

Espero que esta minha singela história ajude as mulheres com câncer de mama ou outras enfermidades a superar e ter fé. E que somos mais do que vencedores por aquele que nos amou. Abraços a todos. 

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+