Busca avançada



Criar

História

Gêmeos idênticos

História de: Adelice Maria Silva Dezem
Autor: Adelice Maria Silva Dezem
Publicado em: 21/11/2016

Tags

História completa

A minha vida sempre foi feita de muitas histórias boas e ruins, mas a que mais marcou foi quando fiquei grávida dos meus primeiros filhos. Que felicidade, que medo! Foi em 1998, fevereiro, quando percebi que estava grávida ... Pronto, o que fazer? Como contar para meus pais? Eu tinha apenas 22 anos, nova, ansiosa e muito feliz. Bom, estavam todos viajando para a praia e eu tinha ficado com meus irmãos. Resolvi contar para meu irmão mais velho, que na mesma hora falou que era melhor contar para a mãe quando ela chegasse. Senti um frio enorme na barriga, mas fazer o que! Chegaram de viagem e resolvi conversar e contar. Era dia do aniversário do meu pai e com muito medo contei. A reação deles: “VAI CASAR “. Tudo teve que ser rápido, em apenas dois meses, pois a barriga estava crescendo muito. Já estava de 4 meses de gestação. Casei no dia 24 de abril de 1998. Tudo estava ótimo, não foi como um conto de fadas, não tive lua de mel ( rsrs ), mas estava muito feliz. Interessante é que fui para Ribeirão Preto ao cinema assistir, adivinhem qual filme? TITANIC - só eu mesmo viu. Não podíamos gastar muito por isso resolvemos fazer só este passeio. Eu assisti ao filme e ele dormiu o tempo todo. Os meses se passaram e estava com seis meses de gestação, fazendo o pré-natal certinho, mas sentia muita dor. Resolvi então pedir um ultrassom. O médico meio cismado disse que estava tudo bem, o coração está batendo certinho por que fazer? Assim foi feito, embora o médico ouvisse o coração de um só, pois até os corações batiam na mesma hora. Chegando ao hospital, o médico conhecido da família, conversando e passando aquele negócio gelado na minha barriga e aquele aparelho se via neném de lá... de cá... Então, muito ansiosa perguntei ao médico se estava tudo bem e a resposta dele foi sorridente e feliz: PARABÉNS AOS LINDOS PAPAIS DE GÊMEOS. Não sabia se ria ou se chorava, só sabia que tudo naquele momento iria mudar. Até eu. E o medo tomou conta de novo. Como vou contar para meus pais? E o mais interessante de tudo é que mais um presente e uma comemoração: era aniversário da minha mãe. Foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. Eles nasceram no dia 22/8/1998 GÊMEOS IDÊNTICOS, grandes e lindos com o nome de LUÍS GUILHERME E LUÍS GUSTAVO. Desta data para cá eu percebi o que é amar, o que é cuidar, o que é amor incondicional e percebo também porque minha mãe era tão rígida comigo, pois depois que nos tornamos mães, procuramos ser sempre super protetoras e é isso que sou com eles e até demais! Hoje, tenho os dois com 18 anos, o mais novo meu grudinho e o anjo Gabriel com 14 anos. Sou uma mulher muito feliz, sou mãe, filha, professora, e acima de tudo realizada, pois tenho uma família maravilhosa.

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+