Busca avançada



Criar

História

Escultura

História de: Amanda Amorim
Autor: Amanda Amorim
Publicado em: 03/11/2020

Sinopse

Diário de Amanda Amorim, 19 de agosto de 2020. Jornada, dia 2.

Tags

História completa

Eu levaria minha escultura de pedra sabão. Na verdade essa escolha é complexa, porque eu gostaria de levar as plantas, os livros, meu instrumento de percussão e jamais deixaria minha cachorra! Levaria meus desenhos, todos! Mas como falamos de um objeto! Levaria a escultura que fiz de pedra sabão rosa quando eu cursava o colégio técnico. A escultura foi lapidada, inspirada nos quadrinhos da Gen13. Eu a levaria porque ela representa tudo o que disseram que eu não conseguiria realizar. Eu tenho uma pequena deficiência nas mãos, devido a um diagnóstico chamado esclerose múltipla sistêmica. Eu a levaria porque o resultado dela ficou lindo, porque meu universo mágico e esperançoso se empenhou muito nela, mesmo com dores e dificuldades e porque a fiz sozinha, sem ajuda e na minha concepção ficou perfeita ela abriu esperanças para que eu realizasse mais coisas que me disseram que eu não podia.

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+