Busca avançada



Criar

História

Em busca de uma continuidade no meio de incertezas

História de: Debora Yuri Kikkawa Caruso
Autor: Debora Yuri Kikkawa Caruso
Publicado em: 11/09/2020

Sinopse

Diário de Debora Yuri Kikkawa Caruso, 8 de setembro de 2020.

História completa

Eu sempre acreditei no poder do voluntariado, de fazer um trabalho e ver a diferença. Ter uma troca de experiências, de aprendizado, de dar oportunidades e de poder contribuir de alguma forma com a evolução das pessoas, da sociedade, do mundo.

Quando veio a pandemia, fiquei sem saber o que fazer, pensava que seria algo passageiro, que em junho provavelmente já poderia voltar aos meus planos anteriores onde me voluntario pelo mundo, o que não foi possível.

Queria poder ajudar alguma ONG com as tantas doações que precisavam ser entregues neste momento, mas ao mesmo tempo, pensava: como poderia fazer isso sem sair de casa, sem expor as pessoas com quem eu moro ao vírus, visto ainda que são do grupo de risco? Mas eu precisava fazer alguma coisa, não podia mais pensar em esperar a pandemia acabar para poder voltar aos meus planos originais. Então lembrei do Atados que já era parceiro de uma ONG que trabalhei e vi que estavam fazendo várias ações para incentivar o voluntariado à distância. E assim, me inscrevi para algumas vagas filtrando as causas que mais me identificava e que poderia contribuir com meu conhecimento.

Uma das vagas foi a do Projeto Faladores do Atados, e como já trabalhei na área comercial, estava acostumada a fazer contatos. Pude falar com várias ONGs parceiras para entender como funcionam, suas dificuldades e sonhos, além de dar dicas sobre possíveis vagas virtuais que poderiam abrir no site e ajudar a pensar em como dar continuidade em alguns projetos que estavam parados.

E foi incrivelmente surpreendente pois ouvi histórias muito inspiradoras para mapear projetos muito diferentes um do outro, onde você consegue entender qual o propósito de cada um, que um não é menos importante do que o outro, que cada um ”planta uma semente“ em uma área diferente e sem cada uma delas não seria possível impactar os mais diversos setores, seja na educação, na saúde mental e física, animais, no apoio a comunidades de diversas formas, lutando pelo o que acredita e transmitindo cada vez mais a mensagem para um Brasil melhor.

Por enquanto, ainda estou no Atados pelo projeto Apanhadores de Histórias, bem como ajudar em um movimento ativista Liberte o Futuro e na ONG de Educação Matemática em Movimento, todos virtualmente. E continuo buscando inspirações e projetos que possa contribuir para melhorar o nosso mundo.

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+