Busca avançada



Criar

História

Disponibilidade para amar e servir

História de: Amanda de Araujo Lopes
Autor: Amanda de Araujo Lopes
Publicado em: 02/12/2019

Tags

História completa

Meu nome é Amanda, eu tenho 18 anos e moro em São Paulo. O aniversário era de São Paulo porém quem precisou ser abraçado de imediato foi Brumadinho. Meu coração já estava lá e eu nem sabia, quando surgiu a oportunidade de ir ajudar algumas daquelas pessoas tive medo de ir pela dor que eu iria sentir, pelo dinheiro que seria gasto para que eu chegasse lá e afinal, o que eu poderia fazer por eles? Nem tinha muito a oferecer mesmo. Faltava 1 dia para a viagem e eu estava completamente sem dinheiro e foi ai quando Deus me ajudou e supriu minhas necessidades e pronto a passagem e hospedagem foram pagas de alguma forma sobrenatural. Quando cheguei lá encontrei meu coração em cada pessoa presente ali, em cada choro, sorriso, abraço e até mesmo no silêncio. A vontade de chorar me dominava as vezes ao andar pelas ruas...você conseguia ouvir a tristeza, conseguia sentir o vazio correndo pelo seu corpo e seu coração ficar apertado morrendo de vontade de abraçar cada um, chorar junto e cuidar deles como uma criança recém nascida precisando da sua mãe. Porém, em meio aquelas pessoas que tinham perdido suas casas, familiares e acho que até um pouco de "vida", encontrei em cada um a DISPONIBILIDADE de começar de novo, de amar, de impulsionar, de ajudar uns aos outros e permitir sentir a dor para que ela um dia virasse esperança. Aprendi naquele momento que o voluntariado não é sobre o que você pode dar, todavia é sobre estar disponível para sentir a dor do outro. Quando estava indo embora vi eles tirando as roupas dos falecidos da entrada da cidade e isso encheu meu coração de felicidade pois ELES decidiram começar um novo ciclo e isso porquê a dor foi sentida e nunca apagada apenas deu espaço para a esperança de dias melhores. A empatia cresce em nós e juntamente a ela nos tornamos SERES HUMANOS, até porquê voluntariado te faz conhecer pessoas entretanto acima delas trata-se de conhecer a si mesmo em sua melhor parte.

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+