Busca avançada



Criar

História

Deolindo Barreto Lima

História de: Pesquisadores da Memória do Brasil
Autor: Pesquisadores da Memória do Brasil
Publicado em: 18/05/2022

Sinopse

Deolindo Barreto Lima jornalista fundador do A LUCTA

Tags

História completa

Deolindo Barreto Lima (Crateús/CE, 15 de maio de 1884 – Sobral/CE, 18 de junho de 1924). Deolindo iniciou a sua vida profissional como jornalista no periódico A Província do Pará, em Belém, na virada do século XIX para o XX. Em 1911, retornou a Sobral, sua cidade natal fundando o jornal A LUCTA, em 1914, sendo seu redator e proprietário sendo também líder do Partido Democrata passando a defender ideais contrários às elites políticas oligárquicas sobralenses, tornando-se, por isso, persona non grata na cidade. A partir daí, passou a sofrer rotineiras ameaças de morte, tornando-se, enfim, em sendo pelo mesmo, um redator combativo. A Lucta defendia ideias que incomodavam o grupo oligárquico naquele momento exercendo o poder. Nesse processo de disputa política, foi assassinado num pleito eleitoral vítima de vários tiros no prédio da Câmara Municipal sobralense e assistido pelo pe. José Gerardo Ferreira Gomes, a quem pediu os sacramentos da confissão e comunhão.
Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+