Busca avançada



Criar

História

Colo, mãe e céu

História de: Luciana Rocha Vidal
Autor: Luciana Rocha Vidal
Publicado em: 19/08/2020

Sinopse

Diário de Luciana Rocha Vidal, 17 de agosto de 2020. Jornada, dia 1.

Tags

História completa

Eu sou Luciana Rocha, tenho 33 anos, hoje é dia 17 de agosto de 2020 e essa é a primeira etapa do diário.

A primeira memória de vida que me veio a mente é estar no colo de minha mãe, com cerca de 4 anos, a noite. Ela andando pelo corredor que leva ao quintal da nossa antiga casa, debaixo de estrelas, cantando a música “Índia” enquanto me embala. Seu colo é quentinho e tem um cheirinho gostoso de pele de mãe. Me sinto amada, segura e protegida. Ali é o melhor lugar do mundo e esse instante é eterno. Me sinto plena de amor, tudo está certo naquele momento, naquele colo. Aquela voz é a mais maravilhosa que existe, da mulher mais linda que existe. Nós ali estamos inteiras e entregues uma à outra. Só nós duas, seu toque, seu cheiro e sua voz, o quintal, e o céu negro existem. O ar está fresco, tudo está em paz. A parede do corredor é branca e o chão de cimento chapiscado. Hoje sei que a casa era simples, mas ali naquele momento ela era o cenário perfeito para o colo perfeito.

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+