Busca avançada



Criar

História

Cartas de amor

História de: José Luiz Alves
Autor: José Luiz Alves
Publicado em: 25/07/2013

Tags

História completa

Era o ano de 1986 quando conheci uma jovem em Guaíra-PR. Na época eu tinha 19 anos e morava em Paraguaçu Paulista-SP distante 600 km da cidade onde ela morava. Foi uma paixão arrebatadora, logo depois começamos a conversar e em um mês começamos a namorar. Naquela época a tarifa telefônica era muito cara. A internet estava se iniciando. Ter computador em 1986 era para a classe média alta e rica, ou seja, para se comunicar a única opção que existia era os Correios por meio de carta. Durante 03 anos entre namoro e noivado, trocávamos por mês cerca de 10 envelopes de cartas. Quase todos os dias eu aguardava com muita expectativa a passagem do carteiro em minha casa. A carta era como um recadinho de amor, ela era capaz de nos aproximar como se estivéssemos falando por facebook. O único episódio triste dessa história foi um ano em que os carteiros entraram em greve. Ficamos sem comunicação por 20 dias. Essa história teve um final feliz! No ano de 1990 nos casamos e as cartas que tínhamos trocado guardamos por um bom tempo como relíquias preciosas. No ano de 2001 eu entrei nos Correios. Sou feliz por trabalhar nessa empresa por dois motivos, o primeiro é que por meio de uma simples carta foi possível eu conhecer, namorar, noivar e se casar com a minha esposa. Em segundo lugar foi a realização de um sonho muito antigo.
Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+