Busca avançada



Criar

História

Benzedeira de tudo

História de: Hilda Martinha Vieira
Autor: Museu da Pessoa
Publicado em: 15/03/2021

Sinopse

Dona Hilda relata sua infância, quando passou muita fome, o que a obrigava a roubar melancias. Aprendeu a fazer renda logo cedo para comprar comida e também o fumo para o pai. Numa das andanças entre a casa e a venda, foi pega roubando melancia, mas por sorte teve um delegado muito bom! Observando a mãe, aprendeu a ser benzedeira e nos conta como foi benzer um cachorro!

Tags

História completa

Com 12 anos, eu já estava fazendo renda, eu mais a minha irmã. A gente também trabalhava muito pra ajudar o meu pai, que era pescador, mas naquele tempo peixe não tinha valor. O meu pai era o único pescador de tainha. Tainha foi tanto, o peixe foi tanto. Não tinha caminhão, não tinha estrada, não tinha nada, era tudo de barco. Aí nós fazíamos a renda, nós éramos rendeiras. E nós fazíamos a renda. Nós íamos lá no Saco do Limão vender a renda pra comprarmos o açúcar, a farinha, o fumozinho do meu pai. Pegava lá na vendinha. Quando o homem não estava em casa, nós voltávamos. Só tem fome.

 

Quando ia comprar lá na venda, a gente saía de casa três horas da madrugada. Vinha pra cá, morta de fome. Uma fome, uma fome! Quando chegava numa reta que tinha melancia, nós íamos roubar. Aí roubava melancia pra comer escondido. Era eu, a Maria e mais um rapazinho também. Depois, aí vinha uma outra viagem pra vender renda. Um sol muito quente. Está no verão, um sol muito quente. Muitas vezes vendia a renda. Nós vínhamos com sono também, sem dinheiro, sem nada pela estrada a fora, de pé.

 

A nossa vida era essa. Eu virei benzedeira! Minha mãe sabia benzer de tudo quanto era forma, mas ela nunca me ensinou. Mas eu, quando via ela benzendo, aprendi. Aprendi quatro benzeduras, só quatro. Quanta gente já bateu aqui, gente de fora não falta! Até um cachorro eu já cheguei a benzer!

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+