Busca avançada



Criar

História

Associação João de Deus e os projetos sociais

História de: Eline Silva Sousa Costa
Autor: Coleção Alagados
Publicado em: 29/12/2020

Sinopse

Em entrevista realizada em Março/2013, Eline relata sobre como ela e outros moradores do bairro do Uruguai se uniram para fundar a Associação João de Deus, com o intuito de unir as pautas da religiosidade e da mudança social. Inicialmente movidos pelo desejo de proteção da infância das crianças da comunidade, inauguraram o Projeto Reforço Escolar, que foi seguido pelos demais inúmeros projetos da Associação.

Tags

História completa

Queria falar sobre o começo da nossa associação. Temos uma paroquiana que trabalhou no projeto Eva, que abrigou o Sonho de Mãe. Ela ensinava às jovens mães o curso de culinária, corte e costura para fazer as roupinhas dos bebês. Nós nos reunimos, a Lucia, Hilda, eu, Tiago, e Dinaci, e tínhamos um desejo de criar alguma coisa que fosse ligada à Igreja e que desse oportunidade a essas famílias de terem mais dignidade nas suas vidas. Então, o que mais nos chamava a atenção eram as crianças abandonadas na rua, a própria sorte delas e eram alvos fáceis dos traficantes, para serem os seus mensageiros. As meninas ficavam sem ter o que fazer e descobriam o sexo muito cedo, sem nenhuma segurança, nenhuma proteção e engravidavam à vontade. Então, queríamos alguma coisa que fizesse essas crianças terem uma oportunidade na vida e começamos a nos reunir para pensar. Consultamos algumas pessoas que já estavam com projetos em andamento e decidimos por um projeto de cunho social, onde nós pudéssemos também, trabalhar a religiosidade, mas principalmente atraí-los com a perspectiva de uma mudança social. Nós pensamos em primeiro lugar num projeto do reforço escolar, porque as crianças iam para a escola durante um turno, e no outro ficavam lá no alto da Igreja, fazendo o que não devia, jogando pedra nas mangueiras, quebrando as vidraças. Padre Bernard se desesperava querendo pular as janelas para pegar os meninos; a gente tinha medo que uma pedra acertasse ele, enfim, era um mundo de meninos à toa, vagando desocupados. Veio então a ideia do Projeto Reforço Escolar. O princípio era esse: alimentar, educar e ensinar a descobrir o que era Deus na vida deles. Eram as três bases do nosso sonho. Primeiro cuidar da barriga porque sem o alimento eles não iam conseguir sobreviver e juntamente com a educação, trabalhar também a parte religiosa. E nós resolvemos ir a fundo nesse sonho. Estruturamos o projeto, contratamos algumas pessoas que já tinham experiência necessária para dar credibilidade ao projeto. O padre Bernard gostou da ideia e começamos a buscar recursos. Aqui no Brasil as portas eram fechadas porque a burocracia nos barrava. Então, a medida que íamos atrás de recursos fomos descobrindo que precisava de mais alguma coisa. Para dar andamento não podia ser somente um grupo, tinha que ser uma associação, entendeu? Para que pudéssemos ter visibilidade e credibilidade. Então, com uma assessoria, criamos um estatuto da Associação João de Deus, registramos em cartório e ela se tornou utilidade pública. A FIDESCO começou a enviar os cooperantes para dar aporte a essa associação. Então, todos os anos nós temos no mínimo dois casais da FIDESCO que vem dar continuidade à parceria. O Projeto do Reforço Escolar transformou-se em algo bem maior do que foi pensado inicialmente. Atualmente a Associação João de Deus comporta o Projeto Reforço Escolar, cursos profissionalizantes, a exemplo de Culinária, Estética e Corte e Costura em parceria com o SENAI e com o SENAC, com a devida certificação. Também abriga o Sonho de Mãe.

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+