Busca avançada



Criar

História

Apaixonado pela leitura

História de: Marquinho da Rádio
Autor: Raquel de Oliveira Leominio
Publicado em: 26/11/2019

Sinopse

A história do Marquinho da rádio, morador de Iacanga conta um pouco de sua própria narrativa de vida que se entrelaça com a de sua cidade do interior paulista, Iacanga, as margens do rio Riberão Claro. Incentivado pela mãe tomou gosto pela leitura, que abriu lhe as portas, para um mundo cheio de descobertas e possibilidades.

Tags

História completa

Marcos Vieira da Silva, conhecido como Marquinho da radio, trabalha na área da comunicação na cidade de Iacanga e exerce esse ramo da profissão com muito amor. Foi criado por sua mãe, D. Iracema,que segundo ele era professora muito amada por seus alunos e sempre nos dez minutos finais da aula contava historias e também pela avó que era conhecida como Dona Chiquinha doceira,que fazia os melhores canudinhos da cidade principalmente entre os estudantes. Filho único foi muito protegido pela mae que sempre orientava para tomar gosto pela leitura e ficava horas em seu quarto viajando no mundo da imaginação. Na sua infância, gostava de ver o pouso de tecos tecos como se refere a aviões de pequeno porte em um campo de aviação improvisado que ficava nos altos da cidade e lembra que fez um caixote de madeira com uma haste e uma lata de massa de tomate brincava de ser locutor dando indícios da carreira que seguiria futuramente. Na década de 50 sua mãe construiu uma casa no centro da cidade de onde foi a primeira telefonista do primeiro e único posto de telefone da cidade daquela época e ele era o mensageiro, isso fez com que ele gostasse de brinca com os amigos de telefone sem fio. Desde cedo já gostava de falar com microfones muitos deles improvisado, e seria este instrumento que usaria na carreira que seguiria no futuro ,escrevendo reportagens e atuando na Rádio Educadora de Iacanga. As lembranças que tem de sua mãe são muito presentes em sua vida, já que eram muito próximos.Ele se recorda de um presente especial que ganhou dela no nata lera um carrinho de pedal e andava nas ruas da cidade,.mas o melhor presente foi um gravador e uma maquina de datilografia que tem ate hoje. Sempre gostou muito de filmes e fala com orgulho de um que foi filmado nesta cidade: “Mágoa de Boiadeiro”, que teve Sérgio Reis como protagonista do filme e que ficou passando no cinema da cidade por 12 dias seguidos devido ao grande púbico. Viajou varias vezes ate Campinas ,não fez viagens distantes mas através da leitura pode conhecer historia.

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+