Busca avançada



Criar

História

Abandono e sobrevivência no hospital psiquiátrico

História de: Sebastiana Célia de Oliveira
Autor:
Publicado em: 24/08/2021

Sinopse

Sebastiana nasceu em Minas Gerais viveu em um orfanato até sua adoção. Ela relata algumas lembranças de cinemas, ferrovias e o cotidiano no interior do Estado em meados do século XX. Foi internada em um manicômio ainda jovem, onde passou boa parte de sua vida. Um deles foi o Hospital Colonia de Barbacena, conhecido como o holocausto brasileiro por conta dos maus-tratos sofridos pelos pacientes. Sebastiana sofreu muito com eletrochoques, remedios e toruras em hospitais, os quais saiu e voltou inumeras vezes. A esperaça de ser resgatada pela familia nunca desapareceu.

Entre as varias saidas e retornos em hopitais Sebastiana aprendeu a fazer unhas, começou a ganhar seu proprio dinheiro. Ela continuou o oficio de manicure depois de sair do hospital.

Tags

História completa

Esta história está disponível na íntegra através do link: 

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+