Busca avançada



Criar

História

A pandemia e a escrita terapêutica

História de: Angela
Autor: Angela
Publicado em: 04/06/2021

Sinopse

Talvez, as pessoas estejam sentindo a mesma sensação de estar em um labirinto nesta pandemia.

Tags

História completa

Dizem que a escrita é terapêutica. Faz alguns dias que estou pensando em colocar os pensamentos “no papel”, que é a melhor forma para eu me comunicar , independente da escrita perfeita e pontuação correta. Tenho ficado no meu mundo, circulando somente pelo bairro quando necessário e encontrando raramente uma pessoa ou outra, em função da pandemia. Sinto que estou andando em círculos e me questiono até quando isto vai continuar como está... São Paulo é uma cidade que tem violência em muitos lugares, nunca sabemos se vamos voltar para casa, mas este vírus invisível nos amedronta diariamente, colocando nossa vida e sanidade mental em jogo. Não sabemos se vamos ser contaminados, internados, se teremos sequelas ou se vamos morrer, na pior das hipóteses. Hoje, eu soube que uma ex-aluna faleceu: 3 anos de depressão profunda, internação e COVID. Já perdi um amigo e um ex-aluno: COVID.

Como será a vida daqui pra frente? O futuro, das crianças, dos jovens, dos idosos. E o trabalho? Os planos? Os sonhos? Precisamos falar mais sobre a depressão, câncer, suicídio, afinal há prevenção e não se morre só de COVID.

Me pergunto: Por que? Para que? Alguém sabe responder?

Ver Tudo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+