Busca avançada



Criar

História

A entrada do parque

História de: Anny Lemos Ferreira
Autor: Anny Lemos Ferreira
Publicado em: 06/10/2020

Sinopse

Diário de Anny Lemos Ferreira, 30 de agosto de 2020. Jornada, dia 1.

Tags

História completa

Uma memória muito antiga que tenho é do parque da escola. Eu devia ter 5 ou 6 anos. Sempre brinquei sozinha, tinha poucos amigos. Gostava de me entreter com meu mundo. Nunca me saiu da mente a imagem da entrada do parque de brinquedos. O acesso para o parque era por uma abertura, como uma portinha pequena, com a parte de cima arredondada. Era amarelo clarinho com balaústres branco ao redor. A entrada por essa porta era através de um escorregador gigante (na minha perspectiva de criança), ou seja, a entrada era no alto e para acessar o parque tinha que descer o escorregador. Eu tinha medo de entrar, era muito alto e muito grande. Ele era de metal, alumínio talvez, com as bordas azuis. Lá embaixo estava a areia, os brinquedos e uma árvore. Provavelmente olhei muitas vezes essa imagem do escorregador visto de cima através dessa porta, sem ter coragem de descer. Um dia desci, diminuindo a força da gravidade com os pés. Depois passei a explorar o novo espaço conquistado. Mas não esqueço daquela entrada.

Ver Tudo PDF do Depoimento Completo

Outras histórias


Ver todas


Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | [email protected]
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+