Busca avançada

Coleção

Dinâmica com pais e alunos

Autor: Lucimara M Stefanello e Orientadora: Karla Marques da Rocha
Publicado em: 09/07/2017

Sinopse

Promover o diálogo com a família é significativo para o desenvolvimento do processo de ensino-aprendizagem. Neste momento, são construídas as experiências vivenciadas por eles e pela escola também, assim, acontece uma troca de informações, como salienta Freire (1991, p.16): Não devemos chamar o povo à escola para receber instruções, postulados, receitas, ameaças, repreensões, punições, mas para participar coletivamente da construção de um saber que vai além do saber da pura experiência feita, que leve em conta suas necessidades e o torne instrumento de luta, possibilitando-lhe transformar-se em sujeito de sua própria história. A participação popular na criação da cultura e da educação rompe com a tradição de que só a elite é competente e sabe quais são as necessidades e interesses de toda a sociedade. A escola deve ser também um centro irradiador da cultura popular, à disposição da comunidade, não para consumi-la, mas para recriá-la. A escola é também um espaço de organização política das classes populares. A escola como um espaço de ensino-aprendizagem será então um centro de debates, ideias, soluções, reflexões, aonde a organização popular vai sistematizando sua própria experiência. O filho do trabalhador deve encontrar nesta escola os meios de autoemancipação intelectual, independentemente dos valores da classe dominante. A escola não é só um espaço físico. É um clima de trabalho, uma postura, um modo de ser. FREIRE (1991, p.16). Nesse contexto, a relação dos pais (família) na escola é de suma relevância, considera-se a valorização dos seus costumes, de suas ideias construindo o novo, e considerando a realidade local e geral juntamente preocupado para gerar sujeitos da história, estabelecendo uma luta em conjunto para a formação de cidadãos conscientes de seus direitos. Foi trabalhado o conteúdo: Eu e minha Família. Com o objetivo da participação dos pais nos conteúdos e, também, de conhecer sua realidade e história do Assentamento Alvorada e um melhor entendimento sobre suas conquistas no momento. Além disso, deu-se destaque à valorização do lugar e suas particularidades. Os pais participaram da aula, utilizando a dinâmica de balões com os alunos. A atividade foi desenvolvida com balões verdes e amarelos na parede: nos balões verdes, para os pais, constavam perguntas sobre a trajetória do Assentamento Alvorada até dias atuais; os balões amarelos foram dados para os filhos com brincadeiras sobre o Assentamento. Sendo assim, essa dinâmica da participação dos pais teve como finalidade conhecer sua realidade juntamente com os alunos e um entendimento sobre suas histórias e conquistas no momento. A inserção das TIC ocorreu com um vídeo disponibilizado pela pesquisadora no Youtube, com o título: Dinâmica com os pais no Projeto Mestrado Tecnologias Educacionais em Rede. Esse trabalho teve o intuito de incentivar o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) com a finalidade de incentivar a participação da comunidade escolar nos conteúdos programáticos.

Tags

Histórias



Rua Natingui, 1100 - São Paulo - CEP 05443-002 | tel +55 11 2144.7150 | cel +55 11 95652.4030 | fax +55 11 2144.7151 | atendimento@museudapessoa.org
Licença Creative Commons

Museu da Pessoa está licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição-Não Comercial - Compartilha Igual 4.0 Internacional

+